19/09/2018

Limppano compra a ODD, 'marca adormecida' da P&G

Por Cibelle Bouças | De São Paulo

Fonte: Valor Econômico

A Limppano, fabricante de produtos de limpeza como panos, luvas e
esponjas, fechou acordo com a Procter & Gamble (P&G) para comprar a
marca de detergente líquido ODD. O valor do negócio não foi informado.
"É uma marca que está apenas adormecida. No momento, estamos
estudando em quais linhas a marca será lançada. Certamente, o detergente
líquido será uma das categorias", disse Alex Buchheim, diretor-geral da
Limppano. No passado, a ODD também deu nome a sabão em pó para lavar
roupas. Pesquisas preliminares feitas com consumidores mostram que a
marca ODD ainda é lembrada e pode ter sucesso com seu relançamento,
disse o executivo.
A Limppano vai competir na categoria de detergentes líquidos a partir de
2019. A meta, com a nova marca, é dobrar o faturamento da empresa em
até quatro anos, chegando a cerca de R$ 390 milhões. "A categoria de
limpeza química é bem maior do que a categoria em que já atuamos.
Acredito que podemos dobrar de tamanho em três a quatro anos", disse
Buchheim. O setor de produtos de limpeza doméstica movimentou R$
22,29 bilhões em 2017 e deve crescer 3,5% neste ano, segundo a entidade
do setor (Abipla).
A consultoria Euromonitor estima que a categoria de detergentes líquidos
crescerá 2,5% neste ano, para R$ 1,86 bilhão. O mercado é liderado pela
marca Ypê, da Química Amparo, com 49,8% das vendas. Em seguida estão
Limpol (da Bombril), com 27,5% do mercado, e Minuano (da Flora), com
10,5%.
A Limppano tem duas fábricas próprias no Rio de Janeiro. A fabricação de
produtos de limpeza química começa em 2019. "No fim do ano é muito
difícil lançar produtos. O varejo está mais focado na cesta de itens de
Natal", disse.
Buchheim mantém o plano de construir uma fábrica no México. A meta é
investir US$ 10 milhões na instalação de uma unidade naquele país em
2020. A empresa exporta entre 4% e 5% da produção para a América Latina.
No Brasil, a Limppano está investindo R$ 18 milhões na expansão da fábrica
de Queimados (RJ), para triplicar a produção de esponjas sintéticas.
Em 2017, a Limppano faturou R$ 167,9 milhões, com avanço de 6,2%. A
receita líquida subiu 11,6%, para R$ 122 milhões. O lucro líquido dobrou,
para R$ 7 milhões, com maior controle das despesas com vendas e
operacionais. Para 2018, a Limppano prevê crescimento de 15% a 16% no
faturamento, chegando a R$ 195 milhões.
De acordo com dados da Nielsen, a Limppano é a terceira marca de
esponjas sintéticas, com 14,7% de participação de mercado. No Rio de
Janeiro, ela lidera, com 35% do mercado. A empresa também lidera no
segmento de luvas e é a segunda colocada nas categorias de panos e evita
mofo.
A marca ODD pertencia à Bombril e foi adquirida pela P&G em 1996. A
marca disputou a liderança de mercado nas décadas de 1970 e 1990. Nos
anos 2000, a marca foi substituída gradativamente pela marca Bold.
Atualmente, a marca estava sob controle da matriz americana da P&G.
Buchheim disse que a negociação durou aproximadamente cinco meses e
foi concluída no fim de agosto. Procurada, a P&G informou apenas que
vendeu a marca "por uma decisão estratégica".