13/06/2018

Após prejuízo da greve, empresas pedem prorrogação do prazo para pagamento de impostos

Fonte: Tributario.com

Após sofrerem com o impacto produzido pela paralisação dos
caminhoneiros, ocorrido no mês passado, o presidente da Federação das
Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Vieira, se reuniu com
o presidente Michel Temer nesta segunda-feira (11), para solicitar a
prorrogação por mais 15 dias do recolhimento de tributos federais relativos
a maio.
Com esse pedido, a Firjan pretende conseguir, pelo menos para pequenas
empresas, estender o prazo do pagamento do PIS, Cofins, IPI e contribuição
previdenciária patronal. Também solicitou que a reoneração da folha de
pagamentos só comece a valer em 2019, pois segundo estima a própria
federação, a reoneração pode afetar até 500 mil empregos pelo
consequente aumento dos gastos com pessoal.
Outra solicitação de Vieria apresentada ontem, defende a volta da alíquota
de 2% do Reintegra – programa que “devolve” aos empresários uma parte
do valor exportado em produtos manufaturados via créditos do PIS e
Cofins.(Com informações do Correio Braziliense)